V Encontro de Gerenciamento de Projetos debateu sobre as boas práticas em gestão de projetos, na região do Norte Fluminense

O V Encontro de Gerenciamento de Projetos, realizado em Campos dos Goytacazes nos dias 21, 22 e 23 de outubro, reuniu a comunidade campista em um grande debate sobre as boas práticas adotada pelo PMI. O evento, iniciativa do PMI RIO – Programa Campos, em parceria com a Universidade Estácio de Sá e o Instituto Federal Fluminense – IFF, congregou vários profissionais de diversas áreas e estudantes da região do norte fluminense.

A edição, comemorativa dos 10 anos do Programa Campos do PMI® no Rio de Janeiro, teve como temática “Em meio a tantas mudanças, como as organizações, em diferentes segmentos, podem se beneficiar das boas práticas em projetos”. A programação do evento incluiu quatro palestras e dois painéis que abordaram as tendências da profissão, gestão de projetos no esporte e na indústria local, além de minicursos e uma visita técnica à GNA – Gás Natural.

Profissionais de grande relevância no mercado e membros do PMI trocaram experiência e conhecimento sobre gerenciamento de projetos. Marcaram presença na programação do evento os coaches Marília Mota e Wilson Heidenfelder; o CEO, palestrante e consultor da Excellence, Adilson Pize; o sócio diretor da Ponto Ação Consultoria, Edalmo Porto; o palestrante e sócio da Dume Engenharia, José Maia.  A programação do segundo dia contou com a contribuição de José Maia, além do sócio da P&M – Pro Active e ex-presidente do PMI RIO, Lélio Varella; do Gerente Geral de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da GNA – Gás Natural Açu, João Teixeira; do gerente de projetos do Porto Central, Ângelo Antero; e do sócio da CM3 Engenharia, Francisco Cabral.

A professora de Administração do IFF, Bianca Arêas, avaliou como enriquecedores os workshops e palestras. “O V EGP nos possibilitou momentos de aprendizados e networking em nossa região. Posso dizer que foram três dias de imersão, com profissionais experientes e altamente capacitados”, afirmou a coordenadora. Para a engenheira civil, master coach e voluntária do Programa Campos do PMI® no Rio de Janeiro, Marília Mota, formação continuada de qualquer profissional é fundamental. “A dinâmica do mercado de trabalho e dos novos negócios exige isso. Os participantes estavam empenhados em absorver conhecimentos e as boas práticas do PMI”, avaliou Marília.

José Maia compartilhou sua experiência no workshop sobre as melhores práticas aplicadas na Gestão de Aquisições. “Os desafios da administração contratual, a aplicação das rotinas de Gestão de Mudanças e as influências de cada etapa do ciclo de vida do projeto que interferem na sua conclusão esperada e registrada. A audiência foi animada, dinâmica e curiosa”, contou Maia. O palestrante, que também participou do painel FISHBOWL – Projetos: Do meio empresarial aos gramados da paixão nacional, fez uma importante pontuação: “É fundamental aplicar as melhores práticas de gestão em uma empresa que as decisões são fundamentadas na emoção, na necessidade de vitórias e títulos, e não na razão.  Como transcender o caráter meramente competitivo do esporte e agregar a inclusão social e o desenvolvimento físico e cultural humano não apenas focado nos resultados esportivos, formando homens e não somente atletas”, afirmou Maia.

Lélio Varella e o gerente do Programa Campos do PMI RIO, Júlio Manhães, foram homenageados pelos 10 anos do Programa Campos do PMI® no Rio de Janeiro.  “Foram quase 20 projetos em 10 anos de dedicação dos voluntários do Programa Campos. Em nome do PMI Chapter Rio agradeço as Instituições Acadêmicas de Campos, em especial ao IFF e a UENF por abrirem suas portas ao PMI. Agradeço ao Setor Público, Terceiro Setor e as diversas empresas que ao longo destes anos apostaram no desenvolvimento da região através do Gerenciamento de Projetos”, relatou Júlio.

Na avaliação do engenheiro civil, Jhonatan Vassalo Ferreira, a visita técnica foi fantástica: “Mudou todos os conceitos do que eu imaginava que era a GNA. Os profissionais foram muito atenciosos e capacitados para nos esclarecer as dúvidas. Para nós profissionais de projetos é algo completamente prazeroso estar presente em um projeto de porte”, afirmou. O Gerente de Projetos do V EGP, Francisco Cabral, salientou a importância de ações como estas para difundir o PMI. “O V EGP foi mais um evento para divulgar o PMI na região, com casos práticos e com profissionais renomados nacionalmente. No próximo ano o desafio será fazer esta divulgação nas instituições de ensino da região e trazer os alunos para o universo do Gerenciamento de projetos”, afirmou Cabral.
06 de novembro de 2019