Mas o que mudou no PMBoK? Muita coisa. O texto foi revisado, sessões mudaram de lugar, conteúdo sobre times locais e virtuais foi adicionado, bem como mais informações foram adicionadas a quase todos os tópicos. Alguns itens perderam prestígio por assim dizer, e foram parar nos apêndices para fazer espaço para informações mais relevantes às melhores práticas e conceitos em si (como a parte sobre a profissão de gerente de projetos, que ficava logo no início do PMBoK).

O foco realmente foi entendimento e fluxo. Com as alterações, fica mais fácil entender o que cada processo pretende (tanto o nome dos processos quanto suas definições foram alterados) e como o fluxo dos documentos e atividades se dá dentro do framework.

Outra mudança significativa, a seção relativa ao gerenciamento de comunicações (considerada relativamente fraca por alguns) foi expandida e agora deve sanar dúvidas sobre os processos de comunicação e como eles interagem com outros processos de Monitoramento e Controle.

04 de março de 2013